No Paraguai, caminhoneiros questionam restrições para cruzar a fronteira

(Foto: Noelia Duarte/Gentileza)

Nesta segunda-feira (25) foram registrados dois protestos em Cidade do Leste, no Paraguai. Um pela proibição de cruzar a fronteira, imposta pelo governo para os motoristas de caminhões de pequeno e médio porte. Já os motoristas das carretas, que tentaram cruzar a fronteira, também ficaram retidos, porque, de acordo com os jornais do Paraguai, tinham de esperar a liberação da Receita Federal para passar pela fiscalização feita com o auxílio de um scanner.

Apesar da Marinha alegar que está cumprindo um decreto presidencial, que proíbe a passagem de fronteira, os pequenos e médios transportadores alegam que têm toda a documentação necessária.

A Direção Nacional das Aduana emitiu uma instrução a esse respeito, onde expressa claramente quais são os transportes que não podem atravessar a passagem da fronteira e os manifestantes expressaram que não estão incluídos na relação.

Essa situação fez com que caminhões de tamanho médio obstruíssem o caminho para caminhões de eixo triplo que deveriam atravessar o Brasil, gerando uma fila interminável na rodovia internacional.

Carretas

Já os motoristas das carretas reclamaram da demora para cruzar a ponte. De acordo com as informações publicadas no 5Dias, o scanner usado pela Receita Federal estava inativo no fim de semana e, além disso, durante a semana, a Receita Federal trabalha com horários específicos que não seriam suficientes para atender a demanda.

De acordo com o 5Dias, os veículos carregados podem vir para o Brasil das 6:00 às 11:00, de segunda a sábado, e os que estão vazios, das 07:00 às 16:00.

O que diz a Receita Federal (*)

A Receita Federal informou que não há problema na liberação de cargas e que cada caminhão demora em média 40 segundos para passar pelo scanner. O que vem sendo percebido ultimamente, de acordo com a Receita, é que poucos caminhões estão sendo liberados para passar pela fiscalização.

(* Atualizado às 13:29)

Leia mais: http://www.5dias.com.py/2020/05/camioneros-reclaman-restricciones-innecesarias-para-el-cruce-fronterizo/

Publicado por Cris Loose

Sou jornalista formada pela Universidade Estadual de Londrina, com especialização em Comunicação e Marketing e com experiência em TV, rádio, impresso e assessoria. Aprendiz de jornalismo no mundo digital e apaixonada por informação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: