Homem morre baleado por companheiro de caça no PR

No último sábado (30), um homem morreu após ser confundido com um animal pelo seu companheiro de caça na zona rural de Ribeirão do Pinhal, no norte do Paraná. O atirador foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil e irá responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

De acordo com informações do portal O Bonde, o Corpo de Bombeiros recebeu um chamado por volta das 12:00 de sábado avisando que uma Hilux transportava um homem que havia sido atingido por um tiro durante uma caça.

Segundo os colegas, o homem de 52 anos e outros participantes da equipe Diamante (que faz parte do grupo de controle de animais registrado no Ibama) estavam em um milharal quando o acidente aconteceu.

O homem foi encaminhado para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Já o responsável pelo tiro e os outros companheiros de caça foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil.

Para à polícia, o atirador disse que viu um javaporco e disparou enquanto corria para acompanhar o animal. Foi nesse momento que Natálio foi baleado. A arma do crime foi apreendida.

Leia mais: https://paranaportal.uol.com.br/cidades/homem-confundido-com-animal-morre-belado-parana/

Publicado por Cris Loose

Sou jornalista formada pela Universidade Estadual de Londrina, com especialização em Comunicação e Marketing e com experiência em TV, rádio, impresso e assessoria. Aprendiz de jornalismo no mundo digital e apaixonada por informação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: