Paraguai apresenta proposta para o Brasil facilitar o comércio transfronteiriço

Embaixadores do Paraguai e do Brasil se reuniram na tarde desta quinta-feira (18), para discutir novas alternativas de comércio que possam permitir uma reativação econômica das cidades fronteiriças, dentro das restrições de circulação impostas pela pandemia de coronavírus.

Na ocasião, foram discutidas informações sobre como seria esse comércio e quais seriam as medidas aplicáveis ​​à circulação de bens e serviços, levando em consideração as diretrizes do Mercosul.

Na conversa, sobre as novas medidas propostas para a reativação comercial nas cidades fronteiriças, foi tratado também do comércio eletrônico e de remessas expressas.

Nesta quinta-feira (18) pela manhã, o jornal Última Hora, do Paraguai, noticiou que a Receita Federal do Brasil estraria “travando” o plano de governo paraguaio para reativar o comércio fronteiriço, uma vez que, pela legislação brasileira, a cota de compras para quem volta do exterior não é válida no caso de compras pela internet.

Leia mais: https://www.ip.gov.py/ip/paraguay-entrego-a-brasil-propuesta-formal-para-la-reactivacion-economica-en-las-ciudades-fronterizas/

Publicado por Cris Loose

Sou jornalista formada pela Universidade Estadual de Londrina, com especialização em Comunicação e Marketing e com experiência em TV, rádio, impresso e assessoria. Aprendiz de jornalismo no mundo digital e apaixonada por informação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: