Assistência Social vai denunciar ao MP responsável pelo despejo de família em Foz do Iguaçu

A informação de que um casal foi despejado em Foz do Iguaçu, na tarde deste sábado (20), viralizou nas redes sociais. De acordo com a postagem, a família precisava de ajuda e estava com os móveis e as roupas na calçada, na região do conjunto Libra.

Procuramos o secretário de Assistência Social, Elias  de Sousa Oliveira, que informou que a Secretaria foi acionada e estava a caminho para fazer o acolhimento dos dois, quando soube que eles já tinham conseguido um abrigo, no bairro Portal da Foz. Elias disse então, que foram trocados números de telefone para que seja fornecida assistência à família.  

Também disse que “nós já pedimos o contato de quem despejou, do responsável, e vamos encaminhar ao Ministério Público”.  O Secretário também lembrou que há um Projeto de Lei (n° 3224, de 2020) tramitando no Senado Federal, que propõe a proibição desse tipo de ação durante a pandemia.

Elias afirmou que isso não significa que as pessoas não tenham que pagar os débitos. “Não significa que as pessoas não tenham que ser responsáveis, mas é apenas para evitar riscos nessa época”.

Leia mais sobre o projeto: https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/142431

Publicado por Cris Loose

Sou jornalista formada pela Universidade Estadual de Londrina, com especialização em Comunicação e Marketing e com experiência em TV, rádio, impresso e assessoria. Aprendiz de jornalismo no mundo digital e apaixonada por informação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: