Separadas por arame farpado, bailarinas dançam na fronteira do Brasil com o Paraguai

(Foto: Reprodução)

De acordo com professora, alunas fizeram teste rápido que atestaram negativo para Covid-19. A coreografia foi ensaiada pela internet.

A cerca de arame que separa, em tempos de pandemia do coronavírus, o Paraguai do Brasil, em Mato Grosso do Sul, foi o cenário escolhido por duas bailarinas para apresentar uma coreografia que demonstra que mesmo com as fronteiras fechadas as duas nações continuam unidas.

A apresentação foi feita junto à cerca instalada entre Pedro Juan Caballero, no Paraguai, e Ponta Porã, no Brasil. As alunas Jazmín Calonga Caceres de 13 anos e Lujan Cañete Cabañas de 12, estudam dança em uma escola paraguaia. Para fazer a apresentação elas conseguiram uma autorização especial do Exército do país vizinho, para que uma delas pudesse ultrapassar em até um metro a cerca, e atravessar para o lado brasileiro.

Entretanto, toda a apresentação foi vigiada por militares armados, para assegurar que o perímetro estabelecido não fosse superado. Elas também foram obrigadas a fazer um teste rápido para demonstrar que não estavam com o coronavírus.

Com máscaras e ao som da música Girassol, de Whindersson Nunes, interpretada por Priscilla Alcântara, as duas mostraram por meio da arte, a atual realidade da fronteira que desde março está fechada separando famílias e amigos.

Veja o vídeo e leia mais: https://g1.globo.com/ms/mato-grosso-do-sul/noticia/2020/06/19/com-pandemia-bailarinas-dancam-na-fronteira-do-brasil-com-paraguai-separadas-por-arame-farpado-video.ghtml

Publicado por Cris Loose

Sou jornalista formada pela Universidade Estadual de Londrina, com especialização em Comunicação e Marketing e com experiência em TV, rádio, impresso e assessoria. Aprendiz de jornalismo no mundo digital e apaixonada por informação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: