Ata do Iguaçu comemora 54 anos nesta segunda-feira (22)

Há 54 anos, no dia 22 de junho de 1966, Brasil e Paraguai assinavam a Ata do Iguaçu, documento que superava antigas disputas territoriais entre os dois países e permitia o aproveitamento conjunto das águas do Rio Paraná.

Assinada pelos então ministros de Relações Exteriores do Brasil, embaixador Juracy Magalhães, e do Paraguai, Raúl Sapeña Pastor, a Ata do Iguaçu abriu caminho para os estudos técnicos e a construção da maior geradora de energia limpa e renovável do planeta: a Itaipu Binacional.

Foram intensas as negociações, mas dentro de um ambiente de cooperação. Um ano antes, Brasil e Paraguai haviam inaugurado a Ponte da Amizade, até então o principal marco de integração entre os dois países.

A Ata do Iguaçu antecipou temas que, mais tarde, seriam incorporados ao Tratado de Itaipu, de 1973, documento que rege a empresa de energia e é considerado referência internacional em acordos binacionais.

Clique aqui e conheça a Ata do Iguaçu.

Foto aérea indica o local exato onde seria construída a maior usina hidrelétrica do mundo. (Foto: Arquivo Itaipu)

Fonte: https://jie.itaipu.gov.br/conte%C3%BAdo/ata-do-igua%C3%A7u-comemora-54-anos-nesta-segunda-feira-22

Publicado por Cris Loose

Sou jornalista formada pela Universidade Estadual de Londrina, com especialização em Comunicação e Marketing e com experiência em TV, rádio, impresso e assessoria. Aprendiz de jornalismo no mundo digital e apaixonada por informação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: