Suspeitos de aplicar golpe na venda de utensílios domésticos são alvo de operação

Grupo é suspeito de realizar pelo menos 14 crimes entre fevereiro e maio, segundo a Polícia Civil.

Suspeitos de aplicar um golpe na venda de utensílios domésticos são alvo de uma operação da Polícia Civil do Paraná, deflagrada na manhã desta quarta-feira (24) na Região Metropolitana de Curitiba.

Foram expedidos dez mandados de prisão e nove de busca e apreensão nas cidades de Curitiba, Quatro Barras, Fazenda Rio Grande, Piraquara e São José dos Pinhais. Um mandado também é cumprido em Embu das Artes, em São Paulo.

De acordo com as investigações, os indivíduos ofereciam os produtos de porta em porta e, no momento da cobrança com cartões de crédito, simulavam falhas nas transações. Após a falha se repetir várias vezes, acabavam cobrando valores mais altos do que o combinado, sem o cliente perceber.

A Polícia Civil informou que o grupo se dividia em três equipes para realizar os golpes.

Segundo a polícia, o grupo realizou pelo menos 14 crimes entre fevereiro e maio de 2020.

Leia mais: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2020/06/24/suspeitos-de-aplicar-golpe-na-venda-de-utensilios-domesticos-sao-alvo-de-operacao-na-regiao-de-curitiba.ghtml

Publicado por Cris Loose

Sou jornalista formada pela Universidade Estadual de Londrina, com especialização em Comunicação e Marketing e com experiência em TV, rádio, impresso e assessoria. Aprendiz de jornalismo no mundo digital e apaixonada por informação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: