Marinha e Senad apreendem lancha e 650 quilos de drogas no rio Paraná, em Cidade do Leste

(Foto: Senad)

Em uma operação conjunta realizada pela Marinha do Paraguai e pela Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), foram apreendidos 643 quilos de maconha e 10 quilos de haxixe que seriam transportados para o Brasil. A apreensão ocorreu entre Cidade do Leste e Foz do Iguaçu, na madrugada deste domingo (5).

Também foram apreendidas sacolas com sapatos que entrariam ilegalmente no mercado paraguaio.

A patrulha fluvial detectou a embarcação retornando do Brasil, na região conhecida como “Usina Acaray”. De acordo com a Marinha, os ocupantes da embarcação abandonaram o barco quando perceberam a presença da fiscalização, já na margem paraguaia.

A carga de sapatos estava dentro da embarcação. A poucos metros do local, foi encontrada a droga, pronta para ser transportada para o Brasil.

De acordo com a Senad, contrabandistas agem clandestinamente transportando mercadorias para os dois lados da fronteira, ou seja, eles trazem droga para o Brasil e retornam para o Paraguai com produtos contrabandeados.

Além da droga, a lancha, o motor 25 HP e os calçados foram apreendidos.

Leia mais: https://www.ip.gov.py/ip/incautan-lancha-con-casi-650-kilos-de-marihuana-a-su-paso-entre-cde-y-foz-de-yguazu/

Publicado por Cris Loose

Sou jornalista formada pela Universidade Estadual de Londrina, com especialização em Comunicação e Marketing e com experiência em TV, rádio, impresso e assessoria. Aprendiz de jornalismo no mundo digital e apaixonada por informação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: